SOBRE

PROFILAR

PROJETO FILARMÓNICO de VILA do CONDE

Com o objetivo de promover e democratizar o acesso ao ensino da música, criamos o PROFILAR - Projeto Filarmónico de Vila do Conde.

Trata-se de uma aposta cultural da ADAPVC - Associação para Defesa do Artesanato e Património de Vila do Conde, constituída por três projetos de intervenção na área da música junto da comunidade: Escola de Canto, Escola de Sopros e Escola de Cordas.

A direção pedagógica e artística deste projeto é assegurada pelo Conservatório de Música de Vila do Conde.

História

Em janeiro de 2015 deu-se início à idealização do PROFILAR. 

Foi proposto em agosto desse ano à Junta de Freguesia de Vila do Conde, que desde logo se associou ao projeto, apoiando-o financeiramente.

O projeto arrancou, em outubro de 2015, com o Coro de Vila do Conde, valência que depois viria a ser integrada na Escola de Canto.

Em janeiro de 2017, começou a atividade letiva da Escola de Sopros e em novembro do mesmo ano, deu-se início à Escola de Cordas, concluindo-se assim a instalação da primeira fase do projeto.

No mês de novembro de 2018, começou a atividade formativa do Coro Infantil de Vila do Conde, integrada na Escola de Canto. 

A partir de Janeiro de 2019, a Escola de Canto passou a disponibilizar a oferta formativa de Técnica Vocal e a partir de novembro do mesmo ano a oferta formativa de Estúdio de Ópera.

Objetivo

O principal objetivo do PROFILAR é a promoção e a democratização do acesso ao ensino da música, tendo em vista a criação de público e de “viveiros” musicais.

Acreditamos que, no futuro, esta ação, contribuirá para a existência de um ambiente musical rico, no Concelho de Vila do Conde. 

É também objetivo deste projeto, promover no Concelho de Vila do Conde a criação de um Coro adulto e de um Coro infantil, de uma Orquestra de Sopros (Banda Filarmónica), de uma Orquestra de Cordas e de uma Orquestra Filarmónica.

Especificidades do PROFILAR

  • 1 - O PROFILAR, não é apenas mais uma escola de música, é um projeto integrador, que pretende envolver a Comunidade;

  • 2 - Os objetivos do PROFILAR são essencialmente Sociais e Filarmónicos;

  • 3 – A metodologia pedagógica do PROFILAR é exclusivamente baseada na prática de conjunto;

  • 4 - Os instrumentos ensinados nas escolas do PROFILAR são os instrumentos utilizados na prática orquestral;

  • 5 - Os formandos do PROFILAR não necessitam comprar instrumento, uma vez que a escola o disponibiliza para as aulas.

Valências

Escola de Canto 

O projeto Escola de Canto tem como objetivo, promover a prática do canto coral, dotando paralelamente os seus intervenientes de uma adequada técnica vocal. Este projeto tem duas formações residentes: 

 

          Coro de Vila do Conde

 

Iniciado em outubro de 2015, o projeto Coro de Vila do Conde tem como objetivo promover a prática coral, dotando paralelamente os seus intervenientes de uma adequada técnica vocal.

Apresenta uma atividade regular, participando em vários concertos ao longo do ano.

 

          Coro Infantil de Vila do Conde

 

Iniciado em novembro de 2018, o projeto Coro Infantil de Vila do Conde tem como objetivo promover a prática coral infantil, dotando paralelamente os seus intervenientes de uma adequada técnica vocal.

Participam neste projeto, crianças entre os 6 e os 12 anos, que apresentem qualidades vocais de excelência.

Estas crianças são escolhidas, através de provas públicas, de entre todas as crianças do Concelho de Vila do Conde, interessadas em participar neste projeto.

          A Escola de Canto do PROFILAR, disponibiliza ainda as seguintes ofertas formativas:

 

          Técnica Vocal

 

          Em funcionamento desde janeiro de 2019, a classe de Técnica Vocal visa o aperfeiçoamento da técnica vocal com o objetivo de                 alcançar competências de colocação e de domínio da voz, num âmbito mais especializado.

          Estúdio de Ópera

          Com início em novembro de 2019, trata-se de um complemento formativo às aulas de técnica vocal, com o objetivo de dotar os               alunos de uma capacidade de expressão artística mais efetiva.

Escola de Sopros

Iniciado em janeiro de 2017, o projeto Escola de Sopros tem como objetivo, promover a implementação, em larga escala, do ensino de instrumentos de sopro.

Este projeto tem uma formação residente, intitulada Ensemble da Escola de Sopros do PROFILAR, constituída pelos seus alunos.

Escola de Cordas

Iniciado em novembro de 2017, o projeto Escola de Cordas tem como objetivo, promover a implementação, em larga escala, do ensino de instrumentos corda friccionada.

Este projeto tem uma formação residente, intitulada Ensemble da Escola de Cordas do PROFILAR, constituída pelos seus alunos.

Projeto

Formadores

 

As escolas do PROFILAR, contam no seu corpo Docente com profissionais habilitados com o curso superior de Música e devidamente certificados profissionalmente para a lecionação na área do Ensino Artístico Especializado de Música.

Este facto, configura, desde logo, a este projeto como uma oferta de excelência no âmbito desta tipologia do ensino artístico.

O PROFILAR apresenta 3 fases de implementação:

 

1ª fase – Formação

 

A primeira fase, é transversal a todo o projeto, tendo como objetivo a criação de uma base sólida de músicos no Concelho.

 

Foram criadas três valências formativas: Escola de Canto, Escola de Sopros e Escola de Cordas, que asseguram uma formação contínua de qualidade, essencial à consumação do projeto.

 

2ª fase – Constituição de valências performativas

 

A segunda fase consiste em, paralelamente à formação contínua, promover a criação de um Coro Adulto, de um Coro Infantil, de uma Orquestra de Sopros (Banda Filarmónica) e de uma Orquestra de Cordas.

 

Estes Coros e Orquestras, terão como base os formandos das escolas do PROFILAR, à qual se juntarão alunos do Conservatório de Música de Vila do Conde, alunos de outras escolas, bem como músicos amadores e profissionais que se revejam neste projeto.

 

No que concerne às Orquestras, começarão por ser desenvolvidos pequenos Ensembles no seio das escolas do PROFILAR, cuja evolução levará à constituição destas formações.

 

3ª fase – Implementação de uma Orquestra Filarmónica

 

A terceira fase, terá como objetivo a implementação de uma Orquestra Filarmónica, resultante da junção de elementos da Orquestra de Sopros e da Orquestra de Cordas.

 

A base desta formação será constituída pelos músicos/formandos que mais se destacarem nas orquestras de sopros e cordas do PROFILAR, bem como alunos do Conservatório de Música de Vila do Conde, alunos de outras escolas, bem como músicos amadores e profissionais que se revejam neste projeto.

 

Numa primeira fase, esta orquestra poderá funcionar em formato de estágio (uma semana intensiva) que culminará com um concerto, com possibilidade de replicação.

 

Paralelamente às orquestras, o Coro de Vila do Conde e o Coro Infantil de Vila do Conde continuarão a sua evolução formativa colaborando, sempre que possível, com as formações orquestrais do PROFILAR.

ADAPVC
Entidade financiadora 
do projeto

Trata-se de uma aposta cultural da ADAPVC - Associação para Defesa do Artesanato e Património de Vila do Conde, constituída por três projetos de intervenção na área da música junto da comunidade: Coro de Vila do Conde, Escola de Sopros e Escola de Cordas.

Conservatório Música
Autoria e Coordenação do projeto

A direção pedagógica e artística deste projeto é assegurada pelo Conservatório de Música de Vila do Conde.

Junta de Freguesia Vila do Conde
apoio institucional e
cedência de espaço

Desde a apresentação do projeto PROFILAR - Projeto Filarmónico de Vila do Conde em 2015, a Junta de Freguesia de Vila do Conde decidiu apoiar institucionalmente este projeto

NOVAS MARÉS 
Cedência de espaço

Novas Marés - Cedência de espaços

© 2018 por PROFILAR - Projeto Filarmónico de Vila do Conde. Criado com recurso ao Wix.com

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now